Wednesday, January 28, 2009

Estudando Português

O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa desenvolveu-se a partir de 1980. Em 1990, foi assinado pelos países lusófonos, mas somente 19 anos depois é implantado de fato. Saiba mais sobre as mudanças na língua e conheça que nações aderiram ao tratado.
SIGNATÁRIOS
(País – População)
Brasil – 190 milhões
Portugal – 10,6 milhões
Angola – 16,9 milhões
Moçambique – 20 milhões
Cabo Verde – 500 mil
Guiné-Bissau – 1,5 milhões
São Tomé e Príncipe – 157 milhões
Timor Leste – 1,1 milhão
(O território de Macau, na China, também aderiu)
O IMPACTO DA MUDANÇA
370 mil verbetes têm o novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, lançado pela Academia Brasileira de Letras.
21 pontos são modificados no acordo, abarcando de novas letras no alfabeto a acentuação.
1,6% do léxico de Portugal sofreu alteração.
0,5% do vocabulário usado no Brasil é afetado.
ALGUMAS NOVAS REGRAS
*Fim do trema. Grafamos agora tranquilo, pinguim, linguiça, etc
*Queda dos circunflexos nos hiatos “ôo” e “êem”. Voo, perdoo, enjoo, creem, veem.
*Prefixo terminado em vogal e palavra iniciada por vogal igual ou H pedem hífen: micro-ondas, anti-inflamatório, auto-hipnose.
*Prefixo terminado em vogal e palavra iniciada por vogal diferente dispensam hífen: extraescolar. No caso de R e S, dobram-se essas letras: antirreligioso, ultrassonografia.
*Sai o acento dos ditongos abertos “éi” e “ói” nas paroxítonas: heroico, geleia, ideia, europeia.