Wednesday, December 31, 2008

Fragmentos de mim mesmo

Sou um amante da vida nos seus múltiplos aspectos. Aproveito tudo. A tragédia, por exemplo, tem me servido muito na criação de minha arte.

Descobri, através do meu semelhante, que vim ao mundo para fazer graça e viver das graças.

O riso é excepcionalmente benéfico à saúde.

Gosto tanto de mulher que não saberia dizer o quanto nem o que viria em segundo lugar.

Não me casei ainda por causa das outras, mas não me considero imune ao matrimônio.

Não sou gastador nem pirangueiro, mas considero que mais vale um prazer do que cem contos de réis.

Sobre Deus, penso como Camões: "O que é Deus ninguém entende, que a tanto o pensamento humano não se estende."
Sosígenes Bittencourt

Frase do dia 31/12/2008


O último dia do ano não é o último dia do tempo.
Carlos Drummond de Andrade

Tuesday, December 30, 2008

Capricórnio



Astro: Saturno
Verbo: Eu Construo
Seu símbolo é uma cabra. Forma com Touro e Virgem a triplicidade dos signos da Terra.
Com pequenas variações nas datas, dependendo do ano, os capricornianos são as pessoas nascidas entre 22 de dezembro e 20 de janeiro.
Palavras chaves que definem o Capricorniano: Ambicioso, Prudente, Persistente, Equilibrado, Maldoso, Cruel, Pessimista.
Seu Signo é do Elemento Terra: este é o Elemento da concretização, da tomada de forma, da densidade e peso. Ele dá uma estrutura concreta a todas as coisas, confere solidez e substância quando moderado. Mas é também o Elemento que prende, rigidifica e limita quando excessivo.
Sol em Capricórnio: "Sou um lugar na hierarquia social". Conhece-se através da estrutura, da ordem e da sua posição nas hierarquias sociais. É esforçado, trabalhador, sóbrio, mas a sua necessidade de reconhecimento social pode torná-lo rígido, ambicioso e "frio".
Interpretação: Honradez, integridade e prudência. Pessimista ou desconfiado. Pensativo. Dificilmente pode ser desencorajado a prosseguir em uma tarefa que iniciou. São cheios de fé, frugais, práticos e capazes de assumir enormes responsabilidades. Graças a isto podem ser líderes culturais ou comunitários.
**** **** **** **** ****
Nascidos sob o signo de Capricórnio:
*Mao Tse Tung *Louis Pasteur *Cândido Portinari *Santa Terezinha *Isaac Newton *Joana D'Arc *Elvis Presley *Stephen Hawking *Luther King *Jô Soares

A palavra é PANETONE

O panetone é um alimento tradicional da época de Natal de origem milanesa, do norte da Itália. Várias lendas tentam explicar a sua origem. O pão doce de natal possui fragância discreta de baunilha e recheio de frutas secas.
Uma lenda antiga diz que o panetone foi criado por um padeiro chamado Toni que se apaixonou por uma moça e para impressionar seu sogro criou uma nova receita de pão recheada com frutas cristalizadas. Com o tempo, esse pão recebeu o nome de "pan di toni", ou seja, o pão do toni que atualmente é chamado de panetone .

Sunday, December 28, 2008

Viviane Araújo

Esta é a insuportavelmente burilada e gostosíssima Viviane Araújo, que veio de Dubai, nos Emirados Árabes, para ensaio da Escola de Samba do Salgueiro.
O público ficou admirado com esta Sherazade nacional, este alumbramento de conto das arábias. Todavia, quem está com a bola toda é o jogador de futebol Radamés, marcando esse golaço sentimental com ninfeta tão escultural. Haja vista que vão passar o final do ano lá nos confins do outro lado do mundo. E nós, aqui, que suspiremos Futebol Clube.
Sosígenes Bittencourt

Fala, Vitória



Moro no Cajá há mais de 20 anos. Quando vim para cá, a fábrica de biscoitos e massas CATIVA operava de madrugada a madrugada. O cheiro de morango e chocolate era tão intenso que, de manhãzinha, bastava tomar um copo d'água e sair para trabalhar. Hoje, é um quarteirão fantasma, e a população que reside em volta teme receber um três-oitão no focinho.
Quando tem "forrogode" (mistura de forró com pagode) no Clube dos Motoristas, a meninada pita "cannabis sativa", urina pelas paredes, troca beijos de desentupir pia e esfrega as virilhas no meio da rua, como imitassem o ato da procriação.
É uma verdadeira esculhambação!
**************************************************
Já pensei em publicar um livro, no qual Vitória de Santo Antão aparecesse. Ou seja, tivesse o seu lugar garantido, posto que nasci e me criei aqui. Conheço o cheiro dos bairros desta gleba, suas virtudes e seus pecados. Tenho um obituário no cérebro de um cemitério que ganha vida em minha memória. Para não dizer que sou língua ferina, uma réplica do escritor baiano Gregório de Matos, O Boca do Inferno, quase todos os anos acompanho o desfile carnavalesco do Clube dos Motoristas O Cisne. Ele sai a reboque de uma orquestra, tocando frevo, fervendo os nossos corações.
Grande abraço!
Sosígenes Bittencourt

Thursday, December 25, 2008

Maior Papai Noel do Mundo

China esculpe maior Papai Noel de gelo do mundo.
HARBIN, China (Reuters) - A gélida cidade de Harbin, no norte da China, está construindo aquilo que os responsáveis dizem ser o maior Papai Noel de gelo do mundo, com 160 metros de comprimento e 24 de altura.
As autoridades de Harbin estão otimistas com o fluxo de visitantes durante o inverno. Estima-se que 800 mil turistas, sendo 90 por cento chineses, passem pelo festival, segundo Jia Yan, diretor do departamento turístico local.
A tradicional festividade vai de meados de dezembro até o começo de fevereiro.

Natal e Nascimento de Jesus

O dia 25 do mês TIVET (dezembro), do calendário hebraico e babilônico, dia comemorado com festas oriundas da Grécia e de Roma, onde todo o povo participava, era o "Dies Natalis Invictis", comemoração do Solistício de Inverno, O Nascimento do Sol. No ano 343 d.C., o papa Júlio I, no Concílio de Serdica, transformou a festa do "Dies Natalis Invictis" em festa da cristantade, para comemorar o nascimento de Jesus. No primeiro século d.C., o nascimento de Jesus era comemorado no mês ADAR (fevereiro e março).
*****
Papai Noel foi um bispo holandês de nome Nicolau, que, na noite fria de 25 de dezembro, em Amsterdan, saía do palácio episcopal, levando às costas um saco cheio de brinquedos, batendo às portas das residências, para distribuí-los com as crianças, em comemoração ao nascimento de Jesus.
*****
A Árvore de Natal é de origem germânica, adotada pela primeira vez por São Bonifácio.
*****
O Presépio de Natal foi introduzido na vida dos cristãos, no século XII, por São Francisco de Assis.
*****
Oferecimento
*Autoescola Nova Dinâmica *Colégio Vitória
*Rádio Metropolitana 107,1 *Grupo Veneza

Wednesday, December 24, 2008

Não se esqueça de mim

Composição: Roberto Carlos / Erasmo Carlos

Onde você estiver, não se esqueça de mim
Com quem você estiver não se esqueça de mim
Eu quero apenas estar no seu pensamento
Por um momento pensar que você pensa em mim
Onde você estiver, não se esqueça de mim
Mesmo que exista outro amor que te faça feliz
Se resta, em sua lembrança, um pouco do muito que eu te quis
Onde você estiver, não se esqueça de mim
Eu quero apenas estar no seu pensamento
Por um momento pensar que você pensa em mim
Onde você estiver, não se esqueça de mim
Quando você se lembrar não se esqueça que eu
Que eu não consigo apagar você da minha vida
Onde você estiver não se esqueça de mim

Fragmentos

Vamos que se tenha olho grande no que é dos outros, mas surrupiar donativo de flagelado é o cúmulo da ambição. Ademais, quando se trata de quem deveria tomar conta das doações, fiscalizar, proteger os desabrigados, como seria o caso dos dez soldados e um sargento, envolvidos no furto. O pelotão vai ser perfilado para responder por crime militar e pode pegar até seis anos de clausura.
Por outro lado, vamos que se seja honesto, mas o senhor Daniel Manoel da Silva, 58 anos, bateu todos os recordes de honestidade. Medalha de ouro em decência, seu Daniel, depois de perder quatro netos e um irmão, soterrados em conseqüência do bíblico dilúvio catarinense, devolveu 20 mil reais, encontrados num casaco de pele doado à família. Morando em casa de favor, depois de ter sua fábrica de cachaça artesanal e sua residência destruídas, além de seis vacas, afogadas na enxurrada, respondeu com a maior tranqüilidade: “Esse dinheiro não era para mim. Não é certo usar o que não é seu, claro que tinha que devolver.
Sosígenes Bittencourt

Tuesday, December 23, 2008

Fragmentos - Retrospectiva

Há 21 anos
No Natal é preciso um certo cuidado. O menino Jesus está na lapinha, e a rua cheia de Judas Iscariotes.
De Pacote Econômico em Pacote Econômico, os ministros vão embrulhando o povo.
O sexo ficou para a cama, e os segredos do amor, para o coração.
Quem estiver atacado de amnésia, deverá estar esquecido de muita coisa que não vale a pena lembrar.
Se Deus fosse como os homens imaginam, Ele seria injusto.
(Dezembro - 1987)
Há 20 anos
Havia tanto devoto na procissão de Santa Luzia, que a vista não alcançava.
O presidente da República vai extinguir 6 ministérios. Tomara que não crie um para extingui-los.
Que ninguém, no próximo ano, contraia o vírus da aids, necessite de cirurgia pelo Inamps, nem receba a visita de um pistoleiro de aluguel.
Quando o ministro Maílson da Nóbrega quis dividir o pão com o povo, o povo levou o pitoco.
Cozinheira disse que viu o psiquiatra ser assassinado com o maior destempero.
(Dezembro - 1988)
Sosígenes Bittencourt

Sunday, December 21, 2008

Fala, Vitória

Reunião do Vera Cruz em Maués
Bom foi em Maués, sábado, a reunião do Vera Cruz, para tratar do certame de 2009, esclarecer desuniões e estabelecer uniões em torno do clube. Tinha gente de todo naipe na sede, desde vendedor de pipoca ao deputado Henrique Queiroz. E lá estavam, em torno da mesa, ao lado de fumegante feijoada: Jota Domingos, radialista e arengueiro; Fernando Nogueira, o menino de seu Zezinho da Padaria; vereador Novo da Banca, velho em jogo e bate-bola; Nau da loja de autopeças; Didi, gabado como um dos maiores pebolistas da cidade, e seu Antônio, um ícone na história do clube do Galo, desde o tempo antigo. E para acabar de completar, além de outras figuras risonhas e doidas por futebol, este escrevinhador que vos redige, metido a comentarista de futebol, dando palavrinha, a pedido do deputado supramencionado, e recebendo das mãos de Melício de Oliveira, o jornal de Carpina, com duas crônicas de minha lavra, publicadas no alardeado “A Voz do Planalto”. O jornal parece coisa de gente grande, bem diagramado e sem erro de Português. As vírgulas em seu lugar e os acentos gráficos enfeitando as sílabas tônicas. Nada de aleijões, tipo "gato" com "J" e "jacaré" com "G".
Como falar a verdade é minha salvação e minha danação, o que mais me impressionou foram as cozinheiras Das Dores e Conceição, supimpas no tempero, nos servindo saborosíssima feijoada, com aquela simpatia brejeira que mais nos anima o coração e apura o gosto. Chega deu vontade de beber cachaça. Mas, Deus me defenda, em meio a gente lúcida, tratando de assunto sério.
Fiquei tão contente, com essa minha facilidade de me alegrar, que não penso em outra coisa, tagarelando o tempo todo sobre o evento. Depois, o presidente do clube e ex-jogador de futebol - aqui, aquém e além-mar - senhor Fernando Nogueira, me devolveu ao Cajá, em automóvel com ar-condicionado e a atenção que sempre me dispensou. Palmas, e muito obrigado!
Sosígenes Bittencourt
*****************************************
Apoio Cultural
Cooperativa Vitória, Faintvisa,
Grupo Veneza e Armarinho Teixeira.
Forte abraço!

Friday, December 19, 2008

Conhecimentos Gerais

Quem escreveu este verso: "Minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá"?

1. Casimiro de Abreu
2. Gonçalves Dias
3. Castro Alves

Clique em "comments", abaixo da postagem, para obter a resposta.
************************************************
Apoio Cultural
Farmácia Santo Antão, Rádio Metropolitana-107,1
Ronaldo Seguros e Lojas José de Lemos.
Aquele abraço!

Pra lá de Bagdá

O bafafá, por causa dos sapatos que o jornalista Mountazer Al-Zadi atirou nas fuças do presidente Bush, tocou fogo no mundo árabe. Os protestos já estão pra lá de Bagdá. Um irmão do repórter fuxicou que Al-Zadi teve um braço e uma costela quebrados, além de hemorragia interna. Imagine se a sapatada tem acertado o focinho do Xerife do Mundo, chamado de 'cachorro' pelo agressor. Tinham-lhe espatifado o cangaço e empacotado numa touca quadriculada.
O presidente do Sindicato dos Jornalistas Iraquianos, Al-Lami, disse que Al-Zadi era jovem e pai de família, por isso precisava ser perdoado. O jornalista xiita tem 28 anos e pode pegar até 2 anos de prisão. O mundo não agüenta. O britânico Alex Tew, 24 anos, inventou um jogo onde os internautas sacodem sapatos na carinha do presidente americano. Num instante, 1 milhão de artefatos acertaram em cheio o alvo do desafio. Já na Arábia Saudita, conta o New York Times, um magnata quer pagar 10 milhões de dólares por um dos sapatos sacudidos em Bush.
Sosígenes Bittencourt

Thursday, December 18, 2008

Fragmentos

Nenhum conselho está mais em voga do que o de meus avós: Boa romaria faz, quem está em casa está em paz. Jamais se poderia imaginar que a Polícia Militar distribuísse cartilha, preparando a população para se esquivar de assalto. No momento em que Lula manda o brasileiro ir às compras, no Recife a polícia aconselha o consumidor a não desfilar carregado de pacotes nem se embrenhar na multidão. A cartilha de ABC já foi: A de Asa, B de bola, e C de Casa. Convém adaptá-la: A de assalto, B de bandido, e C de Caso, passando por M de meliante, e X de xadrez.
No período natalino, também é bom prestar atenção ao Papai Noel forrado de barba, sem carteira de identidade. Por outro lado, a polícia tem razão, não é onipresente, não podendo estar em todo lugar ao mesmo tempo, nem pode pagar o pato pela multiplicação da pobreza e o exército de desordeiros que avança.
Sosígenes Bittencourt
*****
Oferecimento
Restaurante Shell Baiana, vereador André de Bau, Autoescola Nova Dinâmica e Supermercado Vitória.

Wednesday, December 17, 2008

Taís Araújo

Esta é a insuportavelmente sugestiva, insinuante Taís Araújo, vítima de bala perdida no papel de Alícia, em A Favorita, da Globo, na semana passada.
*****
Apoio cultural
Rádio Metropolitana - 107,1 - "A rádio do seu jeito"
(081) 3526-4083 - Ítalo Cruz Moura

Fragmentos

Acostumado a uma seca de esturricar a alma, o sertanejo quase morre de medo com a chuvarada que desabou, na semana passada, principalmente em Sertânia e Carnaíba. A oração deve ter sido muito forte, atingindo os confins do universo. E aí, São Pedro caprichou. O aguaceiro veio com granizo, destelhando casas e arrastando tudo de roldão nas águas.
Lembrei-me do barbeiro Moisés, que conheci na década de 80, quando recitava quadrinha de sua autoria, se gabando de ter arrancado aplausos em São Paulo:
O sertanejo ao nascer
Tem seu destino traçado
Se de sede não morrer
Por certo morre afogado
Sosígenes Bittencourt

Tuesday, December 16, 2008

Fala, Vitória

Apesar do final de semana haver sido violento em Pernambuco, com 4 crimes praticados contra mulher, o de Vitória de Santo Antão é o que mais chama a atenção pela crueldade.
Vanusa Maria de Lima Silva, 31 anos, gerente de um frigorífico, foi encontrada morta, no sábado de manhã, num matagal localizado próximo à sua residência, no Loteamento Real. Vanusa Maria, casada e mãe de dois filhos, foi vista pela última vez saindo do trabalho, na noite de sexta-feira.
Finalmente, o pedreiro Eraldo Gomes da Silva, 39 anos, marido da vítima, resolveu confessar o crime, sendo preso pela polícia. Conta Eraldo que reclamara porque Vanusa estava chegando tarde e suspeitava de traição. Quando ela deu as costas, ele pôs a mão em sua boca, desferindo-lhe golpes de faca peixeira. Depois, conduziu-a em um carro de mão até um terreno baldio, despindo-a para simular estupro.
No velório, Eraldo passava a mão no rosto do cadáver, pensativo, mas sem demonstrar sofrimento. A vizinhança contou que eles viviam mal, mas que ela era querida por todos.
Se um crime de tamanha monstruosidade, protagonizado às nossas barbas, ficasse impune, uma pergunta nos atormentaria: O que mais intimidará aquele que deseja nos matar?
Sosígenes Bittencourt

Viagem aos Seios de Duília

Foto inspirada no famoso conto de Aníbal Machado
VIAGEM AOS SEIOS DE DUÍLIA
Marcus Prado

Monday, December 15, 2008

Sapatada

Se Bush não tem bom reflexo, teria levado uma sapatada no focinho, em reunião no Iraque. Sim, porque o jornalista Mountazer al-Zadi arretou-se e atirou-lhe os calçados na fisionomia, chamando-o de cachorro.
No Brasil, qualquer mulher arengueira pode plantar a sandália na cara de um enxerido. No Iraque, abanar a sola do sapato no semblante de outrem é a maior desmoralização.
A felicidade é que Bush estava no gabinete privado do premiê Nuri al-Maliki, que ainda tentou livrá-lo, colocando as mãos na frente dos objetos arremessados.
Nas ruas, grupos sunitas e antiamericanos fizeram a maior festa, prometendo sapatos ao jornalista até o fim da vida.
Sosígenes Bittencourt

Sunday, December 14, 2008

Fala, Vitória

Aprendi a dançar no Salão Azul, na rua Primitivo de Miranda, na década de 60. Naquele tempo, nunca vi ninguém dar uma bofetada em ninguém. Era o bairro alegre da cidade. Como as namoradas não podiam transar, porque era pecado, íamos esvaziar os testículos na Zona de Baixo Meretrício. As músicas eram românticas e as mulheres se apaixonavam. Havia regra no cabaré, mais respeito do que nas praças, hoje em dia. Doença venérea curava-se com Tetrex. Não havia essa doença que veio do macaco e mata o bicho homem.
A Primitivo de Miranda já deu casamento. Conheço boêmio que tirou mulher de lá e morreu satisfeito. Ninguém pitava “cannabis sativa” nem andava armado. Hoje, você tem que passar por lá acocorado, e se respirar fundo, cai embriagado.
Sosígenes Bittencourt

A palavra é Habeas corpus

Habeas corpus, etimologicamente significa em latim "Que tenhas o teu corpo". É uma garantia constitucional em favor de quem sofre violência ou ameaça de constrangimento ilegal na sua liberdade de locomoção, por parte de autoridade legítima.
O habeas corpus é um tipo de ação diferenciada de todas as outras, não só pelo motivo de estar garantida na Constituição Federal, mas sim porque, conforme já delineado, é garantia de direito à liberdade que é direito fundamental, e por tal motivo é ação que pode ser impetrada por qualquer pessoa, não sendo necessária a presença de advogado ou pessoa qualificada, nem tampouco de folha específica para se interpor tal procedimento. Por isso, pode ser impetrado em folha de papel higiênico, com assinatura de pessoa semi-analfabeta, ou que não possua instrução para impetrar qualquer outro tipo de procedimento.

Saturday, December 13, 2008

Fragmentos

Doido é doido, mas é gente. É a sétima vez que The Playboys faz show de rock na Tamarineira, para alegrar os doidos, levá-los à loucura. Imagine um détraqué, louco por rock, a overdose de alegria. A festa é do lado de fora e visa atrair o público para interagir com os pacientes. Na mistura, é possível que tudo pareça a mesma coisa.
Abaixo os estereótipos!
Talvez, chegue-se à conclusão de que há dementes merecendo alta e visitantes precisando de internamento. É conveniente levar uma lembrancinha, lembrando que há hospitalizado louco por dinheiro.
Sosígenes Bittencourt

Friday, December 12, 2008

Fernanda Souza

Esta é a insuportavelmente aveludada e gostosíssima Fernanda Souza, atriz de Toma lá, dá cá, novela da Globo, pousando para nossas sinapses, nos enVIAGRAndo pela retina.
Forte abraço!
Sosígenes Bittencourt

Com euro na cueca



Antigamente, ladrão tinha farda, usava óculos de pano, cabeça pelada e roupas listradas, só aparecendo de madrugada e, em geral, era pobre. Ainda hoje vemos essa caricatura. Mas, nos dias atuais, ladrão viaja de avião e desfila em aeroporto com o roubo na mão. É o caso, por exemplo, do empresário Enivaldo Quadrado, preso pela Polícia Federal, em Cumbica, com dinheiro na cueca.
Antigamente, ladrão carregava dinheiro numa sacola. Enivaldo tinha euro no cinturão, na caixa dos peitos e na cueca. Estava blindado de grana. É inegável que gosta de dinheiro pra caramba, mas é um “quadrado”, para chamá-lo, como antigamente, de burro. Quando o pobre rouba, pode ser sinônimo de necessidade; quando o rico rouba, é sinal de burrice.
Enivaldo tem a ambição do cão da anedota. O bichano vinha com um osso na mandíbula e, quando mirou-se no lago, viu um maior refletido. Na ambição de trocar, largou o da boca e abocanhou o lago. Enivaldo Quadrado carregava 361 euros em espécie desnecessariamente. Agora, como castigo, vai ver o sol quadrado, para deixar de ser “quadrado”.
Sosígenes Bittencourt

Thursday, December 11, 2008

Estudando Português

perda ou perca?
As duas, cada uma com seu sentido. Elas são palavras
parônimas e costumam ser indevidamente empregadas uma pela outra. Entretanto, se estivermos atentos para seus significados, não há razão para as confundirmos. Vejamos:

Perda - Substantivo que significa "privação de alguém ou de alguma coisa que se possuía", como em
"Houve perda de receita no último ano" e "Júlio entristeceu-se com a perda do amigo".

Perca - Flexão do verbo "perder" na primeira e terceira pessoas do singular do presente do subjuntivo e primeira e terceira pessoas do singular do imperativo: "Você quer que eu perca a partida, não é?" e "Não perca a esperança".
Prof. Paulo Fernandes

Wednesday, December 10, 2008

Letícia Persiles

Ninguém melhor do que Letícia Persiles, 25 anos, vocalista da banda Manacá, para fazer Capitu, na série da TV Globo, inspirada em Dom Casmurro, de Machado de Assis. Devem ser seus olhos, parecidos com “os olhos de ressaca”, como observou Bentinho em sua esposa, que chamaram a atenção.
Sosígenes Bittencourt

Fala, Vitória

Aniversário de dona Zefinha Menezes
A última proprietária de bar do velho cabaré de Vitória, dona Zefinha Menezes, faz aniversário no Dia de Nossa Senhora da Conceição. Completando 88 verões, posto que aqui não faz primavera, fomos comemorar a data em Mané Peixe, na av. 15 de Novembro. No restaurante, Paulo Lavoura, Eraldo Boy e eu éramos as celebridades de uma mesma geração. Só faltou o garçon Fritz, que está com Jesus. Nascidos na década de 50, começamos a freqüentar o cabaré da Primitivo de Miranda lá pelos mil novecentos e sessenta e alguma coisa. Dona Zefinha ficou famosa pelo feijão verde com carne de sol na brasa que nos servia desde a hora do almoço até a madrugada. A cerveja era geladíssima, fermentada, e a música era, de The Fevers a Roberto Carlos, passando por Nelson Gonçalves, Núbia Lafayete e Ângela Maria. As mulheres vestiam saia, usavam pó compacto, tinham educação e nos banhavam, depois do amor. Nossa homenageada octogenária estava contente, tomou umas talagadas de whisky, recebeu presentes e pediu que Deus nos abençoasse. Contou que era feliz porque fez tudo o que gostava na vida. Trabalhou, amou, passeou muito e por isso envelhecia sem graves problemas psíquicos, ou de natureza física, além dos achaques naturais da velhice. Em breve discurso, arranquei aplausos para aquela época, chamando-a de tempo de paz. Comida saudável, música bonita, mulheres femininas e ruas tranqüilas para o livre trânsito dos mortais. Foi um autêntico momento de recordação, cuja onda de saudade arrancou lágrimas de Carranca, que não pode segurar a emoção. Foi um verdadeiro espetáculo! Portanto, a dona Zefinha, todo nosso carinho, saúde e muita paz.
Sosígenes Bittencourt

Monday, December 08, 2008

Viagem aos Seios de Duília

Do ensaio fotográfico Viagem aos seios de Duília, do acadêmico Marcus Prado, inspirado numa famosa narrativa de Aníbal Machado. A viagem tem cerca de 400 peças.

Fragmentos

O anseio de conscientizar a população em geral dos malefícios da poluição resumi numa frase: POLUIR O MEIO AMBIENTE É UMA FORMA DE LAMBUZAR-SE.
O mais grave é que não são só pessoas pobres, habitantes de córregos e alagados, que poluem o ecossistema, são também pessoas esclarecidas, no entanto egoístas, materialistas, que degradam a natureza para manter suas falsas riquezas. Querem ser ricos, embora destruam o planeta. Não se importam se seus descendentes irão chafurdar na lama ou morrer asfixiados. Comungam com a frase atribuída a Luís XV: "Après moi le déluge" (Depois de mim, o dilúvio).
Sosígenes Bittencourt

Sunday, December 07, 2008

Divórcio e Bodas Celestiais


Aos 30 anos do sacramento do divórcio, o IBGE revela que o número de casamentos aumentou “assustadoramente”, e o de separação conseqüentemente.
Em 2007, 916 mil casais se deram o “sim” e 180 mil se arrependeram. Somando tudo, entre divórcios e separações, a estatística aponta 231 mil casais envolvidos na trama. Portanto, 462 enganados.
Outro dado é de que entre 4 matrimônios, 1 desafiou as bênçãos de Santo Antônio. Imagine, daqui pra frente, com o dólar subindo e as Bolsas caindo.
O gerente de Estatísticas Vitais do IBGE, Cláudio Crespo, mostra que as meninas entre 15 e 19 anos estão danado se casando, enquanto a nupcialidade entre sexagenários masculinos é o dobro em relação às senhoras.
Casamento cedo demais é geralmente desobediência e vexame. É querer oficializar xamego. Nada a ver. Casamento e filho são coisas sérias. Não raro, tem uma mãe reclamando: "Eu não disse que essa invenção não dava certo; que essa menina não tinha idade pra isso; que isso era uma palhaçada." O poeta Carlos Drummond de Andrade disse num de seus poemas: “Amor é privilégio de maduros.”
A exemplo, em Monte Alto (SP), o espanhol Luiz Perez Galindo, 101 anos, e Julieta Paganassi, de 100, acabam de completar 81 anos de união conjugal. O casal tem 7 filhos, 22 netos, 30 bisnetos, 6 trinetos e 1 tataraneto. Julieta conta que se lembra de tudo, tintim por tintim, envergando-se toda, para beijar seu Luiz, sem demonstrar nenhuma caduquice. Filhos e vizinhos fizeram festa para comemorar, naturalmente, as Bodas Celestiais do casal.
Sosígenes Bittencourt

Friday, December 05, 2008

Juliana Alves


Esta é a insuportavelmente sedutora Juliana Alves, com 26 aninhos, pronta para se amostrar em Caminho das Índias, próxima novela da Globo, preparada por Glória Perez e Marcos Schechtmann.
Aquele abraço!

Fragmentos

Coitados dos pedintes que viajaram do Ceará, gastando 100 reais de passagem, para pedir esmola na Festa de Nossa Senhora da conceição, no Recife. Os sexagenários Antônio Ferreira, Zé Grande e Alzenete passaram 12 horas na estrada, vindo de Juazeiro do Norte, sem saber o que ‘ceará’ da aventura, já sem ‘fortaleza’ para escalar o Morro da Conceição.
*****
Em Custódia (PE), ciúme de adolescente, de 14 anos, custa a vida de uma outra, de 16 anos de idade. A menina estava grávida do marido da vítima, Damiana Maria da Silva, e ainda plantou-lhe a faca. Imagine quando crescer.
*****
Já em Ipojuca, uma aposentada de 98 anos foi assassinada pelo companheiro de 75. Amaro matou Josefa com uma barra de ferro, mulher com quem viveu durante 40 anos. A vítima era alcoólatra e nunca quis se separar do seu assassino de estimação.
Sosígenes Bittencourt

Thursday, December 04, 2008

Fala, Vitória

SOS Tapacurá

O rio Tapacurá sempre foi o penico das populações ribeirinhas, pegando carona no que se diz do Capibaribe e Beberibe no Recife.
Muitos banhistas que tomaram banho em suas águas, há mais de 40 anos, já faleceram, corroídos pelo Cistosoma - um platelminto que passeia no caramujo, depois tibunga no rio, para entrar no homem e viajar por suas veias até matá-lo. Conheço inúmeros casos de cidadãos que morreram botando o fígado pela boca, porque tomaram banho no Tapacurá quando eram meninos. Imagine, hoje, com a população bem maior, a seboseira que o ameaça. Urge que se transfira a população de suas margens, tratando, de alguma forma, de impedir seu repovoamento. Senão, seria como enxugar gelo ou reencenar o mito de Sísifo.
Forte abraço!
Sosígenes Bittencourt

Wednesday, December 03, 2008

Britânico quer passar um ano sem gastar nem receber dinheiro



O economista britânico Mark Boley, se dizendo cansado do 'destrutivo' sistema capitalista, deu início a um experimento social no mínimo bizarro: tentar passar um ano sem gastar ou ganhar dinheiro. Aos 29 anos, faz parte de uma espécie de movimento, chamado na Grã-Bretanha de "Freeconomist" , que quer dizer "economista livre". O invencionista quer morar em um trailer emprestado, dentro de uma floresta perto de Bristol, no oeste da Inglaterra. O trailer tem um painel solar, um fogão a lenha, e o banheiro vai ser um buraco no chão. Vê que invenção...
Boley diz que acredita poder fornecer seu conhecimento para conseguir o que precisar sem receber dinheiro em troca.
Para garantir a alimentação, Boley vai, além de procurar comida, plantar e depender de doações. Ele está preocupado com coisas fora dos seus planos, como quebrar um braço ou ter que sair do meio do mato para enterrar um parente.
Da última vez que tentou fazer a gracinha de andar até a Índia sem gastar dinheiro, terminou em Calais, na França, porque não soube se explicar e teve de voltar para casa.
Penso que Mark Boley é um pirangueiro disfarçado.
Sosígenes Bittencourt

Tuesday, December 02, 2008

Fala, Vitória

Andam advertindo o presidente Lula, para que não confunda Barack Obama com Barraca da Brahma.
Aqui em Vitória, a grande dificuldade de Barack seria botar moral em barraca. Deter o processo de favelização do centro da cidade. Isso aqui não é o Iraque, mas tem cara de bombardeio aéreo. Os paneleiros já estão ocupando as ruas. Antigos tapetes, estendidos no chão, já viraram tendas que viraram quartinhos. Dia de feira, a população parece o lento desfile de um enterro.
Sosígenes Bittencourt

Sunday, November 30, 2008

Sagitário



Seu símbolo é o centauro. Forma com Áries e Leão a triplicidade dos signos do Fogo.
Com pequenas variações nas datas dependendo do ano, os sagitarianos são as pessoas nascidas entre 22 de novembro e 21 de dezembro.
Palavras chaves que definem o Sagitariano: Idealismo, Generosidade, Alegre, Dogmatismo, Fanatismo, Indulgente.
Seu signo é do elemento Fogo. Este elemento expressa-se por atividade, energia e busca de conhecimento e identidade. A ação é o fator base do Fogo. Ele é o que ajuda a criação, dá vida e aquece quando moderado. E é poder que queima, destrói, seca e ofusca quando excessivo.
Nascidos sob o signo de Sagitário: Augusto Pinochet, Beethoven, Charles de Gaulle, Clarice Lispector, Frank Sinatra, Khalil Gibran, Luiz Gonzaga, Nostradamus, Walt Disney, Winston Churchill.

Alanis confirma show no Recife



Jornal do Commercio

A cantora canadense apresenta o show "Flavors of entanglement" no Chevrolet Hall, no dia 30 de janeiro.
Alanis Morissette, 34 anos, já vendeu mais de 55 milhões de discos e ganhou 7 prêmios Grammy. A cantora está escrevendo sua autobiografia e vai tocar em assuntos delicados. Ela revela que foi violada na adolescência e fala ainda de suas relações homossexuais, de experiências com drogas e de quando sofreu de anorexia, segundo o site Alanis World. Segundo ela, a publicação a ajudará a "acabar com a vergonha". Hoje, Alanis assegura que seus únicos problemas são comer demais e trabalhar.

Fragmentos

Por causa da crise global, a Petrobrás pediu 2 bilhões emprestado à Caixa Econômica Federal. O senador Tasso Jereissati acha gravíssimo que a Petrobrás esteja com problema de caixa e, depois, que recorra à Caixa. Já Dilma Roussef, ministra da Casa Civil, acharia estranho se a Petrobrás pedisse dinheiro à Caixa e ela negasse. A embuança é tão grande que já provocou uma audiência pública com os presidentes da Petrobrás, da Caixa, Banco do Brasil e Banco Central.
Pegando carona em Coxinha, personagem de humor cearense, as “autarquias” vão ter que explicar o que danado aconteceu.
Sosígenes Bittencourt

Saturday, November 29, 2008

Fala, Vitória

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA GRAÇA
Museu de Maria
Edições Rubroveio

C O N V I T E

Temos a honra de convidar Vossa Senhoria e Família para a exposição

SANTA MARIA DE DEUS A MADRE

A mostra será composta de 200 reproduções fotográficas do original de telas de pintores famosos da Idade Média, do Renascimento e do Barroco, inspiradas na Virgem Santíssima, existentes em Museus da Europa e dos EUA.

Local: Auditório do Colégio Nossa Senhora da Graça
Data:
19-12-2008
Hora: 19:00
Autor: Jornalista Marcus Prado
Participação: Professora Maria Graziela Peregrino

Friday, November 28, 2008

Fragmentos

É a segunda vez, este ano, que Angelina Jolie desmente oficialmente que esteja grávida. Um dia desses, teve gêmeos, afora mais um filho e três adotivos, inspirados pelo matrimônio hollywoodiano com Brad Pitt. Apesar de fuxicar que deseja aumentar a prole, acha que ainda é cedo para se deixar fecundar. Insuportavelmente linda, muitos se imaginam mortos em seus braços para nunca mais parar de sonhar.
*****
O clube árabe Al-Sadd, do Qatar, botou Emerson Leão pra fora. O motivo foi grossura do time no Campeonato Nacional. Emerson deve ter se confundido com o palavreado e o jeito de jogar dos homens de touca. Como o pessoal do Qatar não é bobo, mandou Emerson se catar.
Sosígenes Bittencourt

Não zombe! Eles são vereadores


Jornal do Commercio - Recife-PE

Apostaram no apelido e se deram bem.
Alguns dos vereadores eleitos:
Águas Belas - Cabelo Bom
Amaraji - Ximbute
Araçoiaba - Sérgio Maluquinho
Araripina - Zé Bolacha
Bezerros - Tititi
Brejo da Madre de Deus - Carga Pesada
Correntes - Lula-lá
Escada - Cara Véia
João Alfredo - Leide da Melancia
Jucati - Pedrinho Pica-Pau
Lagoa do Carro - Maria Fogo
Pombos - Pirraia do Feijão
Santa Cruz da Baixa Verde - Danda Gaia
Santa Maria do Cambucá - Léo de Gorducha
Serra Talhada - Peinha de Tião

Frase do dia 28/11/2008


O século XXI é o século dos negros e das mulheres, e acho que isso vai ser muito bom para o mundo.
Dilma Roussef

Thursday, November 27, 2008

Por que a educação não dá voto?



O resultado das urnas no passado revela que o eleitor de baixa renda costuma dar prioridade ao bolso – e não à escola.
Isabel Clemente e Mariana Sanches
BOLSA-ESCOLA. No governo do Distrito Federal, Cristovam Buarque pagava para que crianças carentes continuassem estudando. Mesmo assim, não se reelegeu.
Uma das verdades mais incômodas da política brasileira envolve um assunto que está na cabeça de pais, professores e estudiosos de todo o país – a pouca importância que o eleitor atribui às propostas para a educação na hora de escolher seu candidato.
As pesquisas mostram que a maioria dos brasileiros adora lembrar a importância da educação para o futuro dos filhos e o progresso do país. Mas, na hora de votar, existem outras prioridades.
Eleito governador do Distrito Federal em 1994, o senador Cristovam Buarque fez carreira como criador do Bolsa-Escola, o avô do Bolsa-Família, programa pioneiro em remunerar famílias carentes pela presença da criançada na sala de aula. Nem assim conseguiu se reeleger.
Construir universidades dá voto, até o analfabeto apóia por causa do status que a cidade ganha. Educação não. Geralmente, uma escola boa não faz parte do universo de desejo do mais humilde, como um carro, uma casa ou um tênis. É algo muito distante”, diz Cristovam.

Tuesday, November 25, 2008

Dicas Vestibulares



Os estudantes do Vestibular já estão carecas de saber que não se passa em Vestibular sem saber. Também que essa história de passar no "chute" é conversa mole pra boi dormir. O estudante que não souber, por exemplo, que “di-cas” é palavra dissílaba, paroxítona, não estará afiado para a prova de Língua Portuguesa. Os nutricionistas avisam que os feras não devem comer como um bicho. Também não devem jejuar como um faquir, porque o cérebro precisa de glicose. No entanto, se estiver acostumado a ingerir uma buchada no breakfast, não deve trocá-la por uma jaca para evitar indisposição. Se aparecer um verso de Carlos Drummond de Andrade, não deve pensar que seja “uma pedra no meio do caminho”. Nada de pressa. Depressa, não irão a nada. Só deve marcar o gabarito quando estiver gabaritado para isto. Esqueça coisas pós-vestibulares como “habeas corpus” e “bioengenharia genética”, pois isso será visto depois. Boa sorte e aquele abraço!
Sosígenes Bittencourt

Monday, November 24, 2008

Fala, Vitória


HISTÓRICO DO BLOCO CARNAVALESCOA GIRAFA

Fundado em 1950

Ávidos por algo diferenciado e motivador para brincar o carnaval de 1950, um grupo de “corrioleiros” (amigos), teve a inusitada idéia de “roubar” a girafa alegórica usada como símbolo do Armazém NordesteA Girafa Tecidos (casa comercial situada na Praça da Bandeira).
Discretamente a missão foi cumprida com sucesso, e o produto do ilícito sorrateiramente recolhido à Oficina Atômica, de propriedade de Zé Palito.
Reunião marcada, corriola reunida, bebidas servidas, discursos proferidos: estava fundada a Troça Carnavalesca Mista A Girafa. Oficialmente a data da fundação é 16/01/1950, como consta em Ata lavrada à época.
A primeira Diretoria ficou assim constituída:
- Presidente: José Mesquita de Freitas (Zezinho Mesquita);
- Vice-Presidente: José Augusto Férrer;
- Secretário: José Jacinto;
- Diretor Geral: José Celestino de Andrade (Zé Palito);
- Orador: Mauro Paes Barreto;
- Tesoureiro: Aluízio Férrer;
- Diretor Musical: Paulo Férrer;
- Fiscais: João Carneiro (Doido) e Hugo Costa;
- Diretor Artístico: Nivaldo Varela;
- Porta-Estandarte: Wilson Coelho (O Bruto);
- Comissão de Recepção: Donato Carneiro, José Pedro Gomes, Eliel Tavares, José Vieira (Zequinha), Rubens Costa e João Peixe.
Após o carnaval, sanadas as arestas geradas por conta do “roubo” do animal símbolo do Armazém Nordeste, ficou devidamente acordado entre as partes que a alegoria em questão seria emprestada anualmente pela referida loja e posteriormente devolvida em perfeito estado de conservação.
(Matéria fornecida por Drayton Bandeira)

Estudando Português

SAIBA A DIFERENÇA ENTRE A, À E

Faz-se uso do a quando se quer indicar distanciamento ou espaço de tempo futuro. Exemplos: O templo fica a cem metros daqui. / Daqui a dois dias haverá festividade na igreja.
Emprega-se o à (com acento grave) para indicar a ocorrência da crase (fusão ou contração de dois aa em um só). Por exemplo, em vez de se escrever: Vou a a Escola Dominical. / Ele é fiel a a Palavra de Deus, grafa-se: Vou à Escola Dominical. / Ele é fiel à Palavra de Deus.
Já o (do verbo haver) é usado em expressões que indicam tempo passado, podendo ser substituído por faz. Exemplos: pouco ele chegou (Faz pouco tempo que ele chegou). / Ele chegou dias (Ele chegou faz dias). / O culto começou menos de dez minutos (O culto começou faz menos de dez minutos).
Jaime Nunes Mendes

Niède Guidon: arqueologia com preocupação social



José Carlos Oliveira: A senhora é autora de um artigo no qual fala que teríamos até passado dos limites de utilização, de avanço tecnológico e que o homem está entrando numa rota de depredação da natureza. Essa rota é sem volta, ou os alertas da ONU, sombrios em relação às mudanças climáticas e ao aquecimento global, podem despertar algum tipo de conscientização que nos faça mudar o comportamento?
Niède Guidon: Ainda não vi nenhuma política adotada para isso. Veja, por exemplo, o comportamento dos animais, porque dizem que nós, os Homo sapiens, somos inteligentes; os outros, não. Então, veja o comportamento dos animais. A televisão japonesa fez um filme belíssimo com os macacos-prego. Quando existe pouca caça, um ano que não chove muito e não tem frutas, eles não se reproduzem. Eles sabem que quando se põe no mundo um bebê, é preciso dar-lhe comida, e se não existe comida, como vai ser? Então, a nossa política, infelizmente, visa o lucro: mais consumidores; quanto mais gente houver, mais os empresários vão ganhar. Então, existem governos que têm essa política de aumentar a natalidade. Tenho um funcionário que é analfabeto, ganha um salário mínimo e tem 23 filhos. Então, precisamos nos conscientizar. Há terra para produzir comida para todas essas pessoas? E agora, que ela vai produzir combustível, onde vamos plantar? Tem que desmatar tudo. E qual o resultado disso? Acaba a biodiversidade. Já tivemos a prova disso em vários países que começaram a praticar grandes monoculturas, mas quando vem uma praga acaba com tudo. Aqui, no Brasil, aconteceu uma vez com o café, acabou com tudo. Mas parece que o homem não aprende. Tudo isso partiu do momento em que se criou a propriedade e a questão do dinheiro. O que é o essencial para a sociedade de hoje? Ser rico, ter benesses. Hoje, para uma criança que assiste à televisão, o que é bacana? É ter todas aquelas coisas que estão ali, nas novelas. É isso o que ensinamos, e é esta a política: continuar a crescer; crescer e povoar o mundo, só que o mundo já está povoado.

Saturday, November 22, 2008

A mulher de 200 orgasmos


Se sua mulher é fria, desanimada pra sexo, aguada, que tal tomar conhecimento da existência da britânica Sarah Karmen. Aos 24 aninhos, Sarah experimenta, em média, 200 orgasmos por dia. E não é gozação. Ela pode experimentar uma frescurite genital com o zumbido de um secador de cabelo, o rosto abolachado de um morto ou uma tapa no focinho. Poder-se-ia dizer que tem o privilégio de sofrer da Síndrome de Excitação Sexual Persistente. Somente durante os 40 minutos de uma entrevista ao jornal News of The World, ela teve 5 orgasmos. E é porque ninguém lhe tocou com um dedo e o microfone estava apontando para sua boca. Ela conta que, às vezes, mantém muitas relações sexuais, na tentativa de se acalmar. Como não tem um animal que consiga acompanhar tamanha garanhagem, deve ser um boneco inflável.
Sosígenes Bittencourt

Fragmentos


Nesses dias, quando a campainha de sua casa tocar e você perguntar: "Quem é?", uma vozinha do outro lado responderá: "É a trinca do arrastão!"
Sosígenes Bittencourt