Tuesday, January 06, 2009

Estudando Português

HÍFEN É O NOVO VILÃO DA REFORMA ORTOGRÁFICA
Acordo ortográfico tem pontos obscuros e indefinições no texto. Proposta é que ABL faça um vocabulário parcial com palavras afetadas.
Segundo Godofredo de Oliveira Neto, a definição de diversos usos do hífen só vai acontecer com a criação de um vocabulário ortográfico oficial. Esse é o próximo passo da reforma que unifica a escrita do português nos países lusófonos.

"O acordo ortográfico não fala de todos os prefixos. Tem de ser feito um vocabulário que vai acabar com essas indefinições. Um dos problemas é o prefixo 're', de reescrever e reeditar. Ele não está elencado", diz. “Pelo texto atual não sabemos se essas palavras terão hífen ou não. O vocabulário ortográfico definirá essas coisas”, explica.
Segundo o professor José Carlos de Azeredo, há outras indefinições que envolvem o hífen.
"Palavras como girassol e passatempo não têm hífen. Porta-retrato, guarda-louça e tira-teima, têm hífen atualmente. Não se sabe se essas palavras vão ou não ter hífen", diz. "O que está escrito no acordo é que o hífen desaparece quando se perde a noção da composição de outras duas palavras, mas isso é muito subjetivo", afirma.
Outra dúvida é a palavra taoísmo, mas não pelo uso de hífen. No vocábulo, o problema é o acento: o acordo não deixou definido se ela perderá ou não o sinal gráfico.
***** ***** *****
Oferecimento
Programa da Aninha/Tabocas FM
Marçal Seguros
Autoescola Nova Dinâmica
Rádio Metropolitana 107,1